segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Resenha: A Culpa é das Estrelas - John Green


Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Ficha:
Nome Original: The Fault In Our Stars
Nome Nacional: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Editora Nacional: Editora Intrínseca
Ano de Lançamento: 2012
Páginas: 288

Narrado pelo ponto de vista de Hazel Grace, uma garota de 16 anos com câncer, que aceita a sua condição e é obrigada a andar com um carrinho de oxigênio por todo lugar, A Culpa é das Estrelas começa no dia em que Hazel vai, forçada pela mãe, ao Grupo de Apoio para Crianças com Câncer, mal sabia ela que aquele dia mudaria sua vida.


Ao chegar na reunião do grupo, Hazel conhece Augustus Waters, um garoto que estava SEC (Sem Evidência de Câncer), mas não possuía uma das pernas, com uma prótese no lugar da mesma, por causa de um osteosarcoma. Após a reunião, ele à convida para assistir V de Vingança na casa dele, o que deixa sua mãe super protetora contente, pois ela queria que a filha tivesse mais amigos.

A partir desse ponto começa a história de Gus e Hazel, mas há um problema: ela não quer namora-lo, pois sabe que a qualquer momento pode morrer e fazê-lo sofrer. Hazel indica um livro à Augustus (Uma Aflição Imperial - Peter Van Houten), e diz que ele só poderia vê-la novamente após ler o livro, e esse livro os aproxima, e faz com que eles viajem à Amsterdã em busca do autor, Peter Van Houten.

Durante a viagem, Hazel finalmente se entrega à seus sentimentos e eles começam a namorar e fazer outras coisinhas mais hehehe.

Devo admitir que, antes de ler o livro, tive certo receio de ser uma história feita para agradar menininhas, pois não precisa ir muito longe para encontrar alguma com um exemplar nas mãos, mas não é isso o que acontece. John Green possui o poder do que eu chamo de "cola literária". Ele escreve de um jeito que te prende no livro, à cada página virada você se apaixona cada vez mais pela história! Eu nunca havia me emocionado com um livro do jeito que foi com ACEDE. Mesmo com alguns pontos negativo, é um dos melhores livros que já li.

Hazel e Augustus são personagens engraçados, eles combatem o câncer com humor. É um casal que faz o leitor ficar encantado pelo amor que eles sentem um pelo outro. Sinceramente, eu gostaria de ser amado na intensidade que o Gus e a Hazel amaram um ao outro.

Meu personagem favorito é Isaac, outro jovem com câncer, que fez uma cirurgia para arrancar os olhos, e a minha parte favorita foi quando ele o Augustus quebraram uma caixa de ovos no carro de sua ex-namorada.

Resumindo, o livro é incrível e não foi feito só para garotas, apesar de que todas devem ter chorado no final, que entristece qualquer leitor, e que eu não vou contar porque seria o pior spoiler da vida de vocês!

"Alguns infinitos são maiores do que outros!"

"O.K.?"
"O.K.!"

Nota: 9


"Mas Vinícius, onde eu compro A Culpa é das Estrelas?"
"Vá com calma, gafanhoto! Clique aqui para comprar o livro."

- Vinícius

2 comentários:

  1. Oi,
    Ahhh amo esse livro, espero que filme seja lindo também!
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Também amei o livro e estou muito ansioso pelo filme!
      Bjs.

      Excluir